Hoje estive pensando, refletindo sobre minhas atitudes, escolhas e sentimentos. O mundo dá tantas voltas! Ainda bem que estou atenta para perceber o seu movimento.

Não tenho a pretensão de ser o centro do universo, mas com certeza estou no centro da minha existência e quero perceber meu lugar aqui. Ter consciência de qual lugar ocupo no planeta e na vida das pessoas.

Ah, as pessoas….  sou tão grata por ter gente tão especial perto de mim! Grata por convivências que me ajudam a enxergar a vida sob perspectivas diferentes e, consequentemente, a ampliar o meu olhar sobre o mundo e sobre mim mesma. Grata quando construo laços de afeto e amizade que valem a pena. Grata pelas experiências de exercício pleno da liberdade em suas diversas esferas: sexual, emocional, racional, as quais me ajudam a crescer e evoluir.

Energias, movimentos, idéias, é bom demais dividi-los! São experiências como essas que dão sentido à vida e a fazem ser plena. “Ver o mundo. Encontrar o outro. Sentir. Esse é o propósito da vida”. Nas palavras de Alexander Supertramp (Into the Wild): “happiness is only real when shared”. É sempre bom compartilhar vivências que “somam” e “acrescentam”, independente da forma (de amor, de amizade ou qualquer outra coisa). Isso me ajuda a perceber de forma ainda mais clara que realmente não é possível viver numa caixa, por maior que ela seja. Preciso de mais: de tudo o que o mundo pode oferecer.

Anúncios

Um comentário sobre “Hello, vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s