Você pra mim é privilégio

 

É noite; momento em que penso mais em você. Primeiro surgem nos pensamentos as nossas conversas, as risadas, os silêncios, a intimidade, as afinidades. Repasso tudo, como num filme, e sorrio sozinha. Sua companhia me faz tão bem! Traz calma, leveza e serenidade. Passar tempo com você me enche de alegria….

Sozinha na cama, fecho os olhos e projeto em minha cabeça a sua imagem; te vejo de certa distância, pensativo, mãos no queixo acariciando os pêlos. Observo cada detalhe que me encanta: os olhos puxados, os cabelos presos, a barba rala, a nuca convidativa, o contorno da boca, a postura. Depois, algumas cenas invadem a minha mente; momentos específicos que me deixaram hipnotizada a te olhar, como o artista que admira a paisagem antes de capturá-la….. No cinema, você sério olha tela, meio de lado. Vejo seu perfil, olhos brilhantes; a luz de penumbra da tela iluminando o seu rosto, apoiado em sua mão direita. Nossa, como você é bonito!

Sua beleza me toca de uma forma diferente, porque ela vem em conjunto com tudo aquilo que você representa pra mim. Tenho vontade de te abraçar forte, de tocar o seu rosto com as duas mãos, de passar os dedos pelos seus lábios, de beijar seus olhos e, claro, a sua boca.  Vontade de acariciar seus cabelos, de morder a sua nuca, de deslizar as mãos pelo seu peito, de apertar seu corpo contra o meu pra sentir sua pele e o seu calor. Vontade de sentir seu cheio bem de perto, de massagear suas costas e depois deitar e me encaixar sobre você. De explorar cada canto com uma suavidade intensa, descobrir prazeres secretos, ouvir você respirar ofegante.

Hoje sonhei com você novamente. Pela primeira vez, nos beijamos. Foi intenso, como algo que fica guardado por muito tempo e então é colocado pra fora. Tão intenso que tivemos que deitar no chão, já que não podíamos voar. Acordei pensativa; “será?”; perguntas assim têm rondado meus pensamentos com frequência… “será que, de alguma forma, esse meu sentimento é correspondido?”; “será que você é ponderado demais ou realmente não sente nada por mim?”; “será?? será….”.

Quando viajo demais em tudo que “poderia ser”, a razão grita; então penso que é melhor não projetar nada, não criar expectativas, deixar que o tempo e a convivência determinem os rumos da nossa “relação”. Porque, por enquanto, sei que o máximo que podemos ter são conversas amigáveis e momentos de carinho e afeto.

Esperanças e desejos à parte, o fato é que eu sempre penso em você…  E, às vezes, gostaria que se visse por um momento com os mesmos olhos que eu: olhos brandos, de amor e de afeto. Que enxergasse a beleza que irradia não só por seus atributos físicos, mas essencialmente pela sua forma de ser e pensar; a confiança e segurança que inspira; a serenidade que transmite. Que visse o quão especial você é e como te quero bem.

“Meu bem, 
você pra mim é privilégio,
sorte grande de uma vez na vida….”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s