Ibitipoca – mais uma viagem de boas surpresas

Ibitipoca

No último final de semana, estive em Ibitipoca pela quinta ou sexta vez. Apesar de já conhecer bem o local e a região, é fato que cada vez que coloco os pés lá parece a primeira, por ser única e especial.

Ibiti é um lugar mágico, de natureza exuberante, lindas cachoeiras, muitas rochas e cavernas. A atmosfera do lugar contagia a gente.

Trilhas

Dessa vez, fui pra lá com uma galera que não conhecia bem, e por isso não sabia bem “o que esperar” do passeio. Mas, como sempre, embarquei na viagem de coração e mente abertos para novas experiências. E o universo recompensou (fato: a gente atrai o que transmite)!

Saímos de BH na sexta à noite; a ideia era pegar estrada por volta de 19:30hs para chegar lá antes de meia-noite e aproveitar a abertura de um dos festivais de música mais conhecidos do lugar: o Ibitiblues. Mas, efetivamente entramos na BR040 depois de nove da noite.

Foram mais de 4 horas de muitas risadas, conversas e bobeiras. Chegamos no arraial por volta de 2hs da madruga. Deixamos as coisas na pousada e, apesar do horário, saímos e curtimos o evento até 5hs. Pensei que o pessoal não acordaria no dia seguinte, pelo cansaço. Mas, por incrível que pareça, os cinco membros da “expedição” acordaram às 7hs para começar a trilhar.

 

Dia 1: Circuito Janela do Céu + Pico do Peão

 

Cruzeiro Ibitipoca

 

Começamos a caminhar às 9hs da manhã. O Circuito Janela do Céu é longo, são 16km de caminhada (muita subida!), passando por grutas e cachoeiras. Com o Pico do Peão e Gruta dos Viajantes, são mais 5km. Com as caminhadas de ida e volta para a portaria, foram 24 km em um dia, que valeram cada passo, apesar do frio e da neblina.

As paisagens são lindas, as grutas são impressionantes (com destaque para a Gruta dos Viajantes – a maior, mais imponente e esplendorosa) e as cachoeiras são de arrepiar – e não tanto pela água gelada, mas pela beleza.

 

Ibitipoca - Cachoeirinha (topo)

Gruta dos Viajantes

Janela do Céu

 

 

Foram muitas horas de caminhada. Chegamos na Pousada (depois de comer) por volta de 18:30hs. Era hora de tomar banho e descansar para recuperar as energias, pois ainda queríamos curtir a segunda noite do Ibitiblues. E, apesar do frio, assim fizemos: acordamos às 22hs, nos arrumamos e saímos.

A noite foi de alto nível, com música da melhor qualidade e companhias excepcionais. Risadas e diversão até 5hs da manhã, novamente.

 

Ibitiblues

O domingo amanheceu ensolarado, com o clima incrivelmente agradável, e, contrariando expectativas, acordamos todos às 9hs da manhã. Dessa vez, o percurso foi mais light, pois ainda tínhamos que pegar estrada. Mas a animação para conhecer outros atrativos do parque foi total.

Dia 2: Circuito das Águas + Cachoeira dos Macacos + Ponte de Pedra

Foram quase 8km de trilha no total, com direito a vários mergulhos. O visual foi esse, e dispensa outras explicações!

Ibitipoca Ibitipoca Ibitipoca Ibitipoca Ibitipoca

Ibitipoca - Poço das Miragens

DSCN3640

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois, arrumamos as coisas. Era hora de voltar para casa, infelizmente. Chegamos em BH por volta de 21hs; cansados, mas felizes. Mais uma viagem incrível pro meu portfólio!

 

Anúncios

3 comentários sobre “Ibitipoca – mais uma viagem de boas surpresas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s